fbpx
Encarnação - Mafra
geral@relacoesemfamilia.com

Como posso implementar as rotinas em minha casa?

Serviços e Formação para Famílias

Como posso implementar as rotinas em minha casa?

Como funcionam as rotinas na nossa casa?

Temos demasiado, muitas, poucas ou nenhumas rotinas implementadas?

Já pensaste nestas ou noutras questões sobre as rotinas familiares? Definir as rotinas permite passar tempo em família e, simultaneamente, as crianças sentem-se úteis e envolvidas na dinâmica familiar.

 

Pode parecer difícil num primeiro momento, mas a palavra “mágica” é descomplicar. Como começar? 

#Podem realizar uma Reunião de Família, mesmo os mais pequenos podem participar (experimentem, vão surpreenderem-se!). Durante a reunião fazem uma lista de todas as tarefas que realizam ao longo do dia e em que horário.

# Depois da lista elaborada definem se querem implementar um quadro diário, vários quadros para momentos diferentes do dia (e.g. rotina da manhã, do almoço, do deitar…) ou apenas para um momento específico do dia. Não há um quadro “ideal”, o objetivo é que corresponda às vossas necessidades enquanto família.

# Agora chega a parte mais divertida! Como vão fazer? Dar asas à imaginação e construírem o vosso próprio quadro? Comprar um já disponível e implementar apenas?

 

Algumas sugestões para implementarem o vosso quadro de rotinas…

#Para elaborarem o vosso próprio quadro podem:

– Fotografar os vossos filhos a executar cada tarefa que escolheram, desenhar, selecionar e recortar imagens de revistas, escrever, fazer um passo a passo (por exemplo de como lavar os dentes)… para cada uma das tarefas.

– Escolher como vai ser o quadro. Num quadro? Folha? Cartolina? Quadro de cortiça?

– Que itens são importantes conter? Os dias da semana? Uma coluna com “Já fiz” e outra com “Vou fazer”?

# Podem também adquirir um quadro de rotinas, está por exemplo disponível na loja online de Relações em Família através do link:  http://relacoesemfamilia.com/produto/as-minhas-rotinas-diarias/

 

Independentemente da vossa opção, o quadro de rotinas deve ser simples e claro, de forma a que a criança consiga de forma autónoma perceber as atividades que vai realizar. Devem incentivar a criança, supervisionar se necessário, mas não fazer por ela.

Por Ana Rita Moreira | Coach Parental e Mentora do Relações em Família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *